Teatro Por Que Não?

quarta-feira, janeiro 17, 2018

Voltando das férias!

Olá, olá pessoal!

Como foram de férias? Descansaram? Curtiram? Querem mais?

Aqui, como você pode ver pelo nosso blog, no finalzinho de ano a tia aqui deixou de atualizar (me embananei em apresentações, videos que não deram certo, cidades e mais cidades...) enfim, mas vamo falar de coisa boa?



Não, coração! É bem melhor que iogurte!

Bora incentivar a cultura de Santa Maria?!

A gente podia tá "robano", podia tá "matano", mas estamos aqui para divulgar e mostrar que com seus impostos é possível incentivar e enriquecer a cultura da cidade. Não sabe do que eu tô falando?

Sabe aqueles impostos que dá aquela dorzinha de cabeça pra pagar logo no início do ano? Pois bem, através da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Municipal N° 4645/03) você pode destinar até 30% deles para projetos culturais locais.

Quer saber como faz? Clique aqui!

Curso de Teatro com cara nova!

Estamos batendo quase 5 anos de Curso de Teatro e de lá pra cá a gente vem ajustando, encaixando, criando turmas assim, assado, ficando de cabelo em pé, chorando de emoção em ver tanta gente passando pelo palco do Espaço Cultural Victorio Faccin. 

Passou esses 5 anos ensaiando se vem fazer o Curso ou não? Ou com aquela vontade de fazer, mas tem que convencer aquele amigo, parente para embarcar nessa nova experiência juntos? Ou já fez com a gente, teve que parar e agora quer vir matar a saudade?

Olha aí, aproveite que o ano tá começando e faça algo diferente, né non? (Até porque, água parada não move moinhos... ui! finalmente achei um momento para colocar essa frase)

Quer saber como o novo Curso ficou? Clique aqui! 

É isso minha, gente! Vamos aquecendo as nossas turbinas pois temos todos esses 12 meses pra correr. Acompanhe tudo nas nossas redes sociais em tempo real!

Até mais!


quinta-feira, dezembro 28, 2017

Estamos de férias!

Vamos aproveitar o fim de ano e descansar um pouquinho, afinal 2017 foi intenso até o fim.

Voltamos dia 15 de janeiro!

Foto: Walesca Timmen

Muito obrigado a todo mundo que de alguma forma fez este ano ser tão especial e repleto de momentos com muito amor. Teve muito teatro e ano que vem vai ter também. 

Feliz 2018!

Caso queira falar com a gente: contato@teatroporquenao.com

segunda-feira, novembro 13, 2017

Essa semana no Espaço!

Pronto para mais uma semana do nosso EM CARTAZ 2017? Dá uma olhada do que vai ter nesse findi:


Exposição "Prensados e Bordados" - Ateliê ReTina

Com a curadoria de Marco Aurélio Biermann Pinto, você poderá contemplar obras coloridas e delicadas pelas artistas Cristina Rios Leme e Renata Dias Maciel, que também ministrarão o workshop Estêncil: Uma criação coletiva no dia 20 de novembro, segunda-feira. 

Foto: ReTina

Prensados e Bordados
17 de novembro de 2017 - às 20h
Espaço Cultural Victorio Faccin
GRATUITO 


A exposição fica até o final do EM CARTAZ 2017
Para se inscrever no workshop, clique aqui!

--

Espetáculo teatral "Piquenique no Front"

Sob a batuta de Renata Corrêa, as atrizes Aline Lauermann, Ana Paula Marques, Janaína Castaldello, Patricia Wiersbitzki, Pâmela Wiersbitzki e Vanessa Bressan vão apresentar nos palco do Espaço Cultural Victorio Faccin um clássico do teatro contemporâneo: de Fernando Arrabal, Piquenique no Front fala sobre uma situação um tanto peculiar em plena Guerra Mundial. 
"As crianças foram mandadas para a guerra, os cavalos e os soldados foram extintos.Uma família prepara para o filho um piquenique: no front."

Foto: Guilherme Senna

Ficou curioso? Eu também!

Piquenique no Front
19 de novembro - às 20h30
Espaço Cultural Victorio Faccin
R$ 20 (geral) - R$ 15 (antecipado) - R$ 10 (meia)

A equipe também vai ministrar o workshop Corpo Extra-Cotidiano: Experimentando o Teatro do Absurdo, para a galerinha de 7 a 15 anos e em breve abriremos as inscrições, fiquem ligados na nossa página do Facebook em tempo real para acompanhar!


Contamos com a sua presença!

Até a próxima!

terça-feira, novembro 07, 2017

Prepare-se!

Que o Espaço Cultural Victorio Faccin vai tá cheinho de coisa boa nesse final de semana. Olha só:

Começaremos com uma estreia!


A Cia. Retalhos de Teatro vai tá com espetáculo saindo do forno - Alma Valente. Escrito e dirigido por Júlio Cesar Aranda, é um espetáculo voltado para o público jovem, onde nos transporta para um futuro não tão próspero assim... 

SINOPSE
Em um tempo confuso, frio, e separatista, após as catástrofes climáticas e nucleares no ano de 2017, a raça humana enfrenta perigos maiores com o S.M (Sistema Martírio) em 2057. Uma almAValente é o suficiente para salvar uma nação? Uma almAValente é capaz de derrubar um sistema que quer mudar o seu passado, presente e futuro? Nesse universo cheio de encontros e desencontros, conheceremos Azul e os Valentes, os únicos capazes de contar a verdade!

Anota aí:

ALMA VALENTE
Cia. Retalhos de Teatro
10 de novembro de 2017 às 20h
Espaço Cultural Victorio Faccin
Ingressos: R$ 20 (geral), R$ 15 (geral antecipada) e R$ 10 (estudantes e idosos)
--


Limpe a sua aura pela última vez no ano!

Foto: SENNA Foto e Arte

Mística novamente virá nos fazer uma visita. Não pode vir antes? Pois bem, essa é a sua última oportunidade no ano de 2017 para assistir Como se nada fosse, que leva a direção e atuação de Janaína Castaldello.

SINOPSE
Uma mulher se vê em frente a uma porta, acreditando ser aquela a porta de sua casa. Mas ao bater ninguém abre. Ela insiste, e nada. Porta fechada, decide ficar por ali. À beira desta porta, ela se depara com seus devaneios, memórias e confissões. Como se nada fosse, ela, a Mística, revela-se como uma aparição, um ser mulher, uma borboleta, uma criação. Ou um sonho. Talvez?

Anota aí:

COMO SE NADA FOSSE
Janaína Castaldello
11 de novembro de 2017 às 20h30
Espaço Cultural Victorio Faccin
Ingressos: R$ 20 (geral), R$ 15 (geral antecipada) e R$ 10 (estudantes e idosos)
--


Finalize o domingão ao embalo de música boa



Ricardo Borges mais uma vez vem dar o ar da sua graça com o show Inverso, com uma coletânea criada por ele para o mais recente disco, que leva o mesmo nome. Além dele, teremos presenças de grandes músicos de Santa Maria. 

SINOPSE
Em junho de 2017 realizamos o lançamento do álbum "Inverso" no Espaço Cultural Victorio Faccin. O show contou com diversos convidados do disco e teve lotação máxima de público no teatro. Agora realizaremos a 2ª edição do espetáculo novamente no teatro mais aconchegante e intimista da Boca do Monte. 
O show contará com participação dos músicos Helio Abreu (trombone),Erick Corrêa Castro (voz e acordeon) e Paula Rodríguez (voz y flauta) eJordana Henriques (voz).
Esperamos um grande público novamente e iremos recebê-los com muito amor, carinho e música.

Anota aí:

INVERSO
Ricardo Borges
12 de novembro de 2017 às 20h
Espaço Cultural Victorio Faccin
Ingressos: R$ 20 (geral), R$ 15 (geral antecipada), R$ 10 (estudantes e idosos) e online
--


Não sabe onde fica o Espaço Cultural Victorio Faccin?

Estamos na Rua Duque de Caxias, 380 - bairro Nossa Senhora do Rosário - perto da UNIFRA, quase na Rua Ernesto Becker. Não se perca, ligue para gente que a gente pode ajudar: (55) 3217-6600

Certin?!


Vamo simbora, que o ano tá acabando, mas nós não estamos acabados, né non?

Contamos com a sua presença!

Até a próxima!

sexta-feira, novembro 03, 2017

A palavra é...

DEIXA (dei.xa)

Cena do espetáculo do Do Outro Lado do Passei Público (2011) - Deixas para tudo quanto é lado: luz, fala, som, cenário, uma engrenagem complexa, mas que dá muita saudade... mais do que esses corpinhos esguios e jovens... ai ai ai 


Qualquer indicação visual ou sonora que permite o ator identificar o momento de entrar, falar ou agir em cena. O tipo mais comum de deixa são as últimas palavras de cada fala do diálogo. Ao memorizar as falas de seu personagem, o ator também deve memorizar as palavras finais do personagem com quem contracena. Usa-se o mesmo código para indicar os movimentos de luz e som ou de mudanças de cenário.

Às vezes as deixas são mais importantes que a própria fala, por isso, não seja tímido em fazer anotações em seus textos, marque as deixas já existentes (final de diálogo, rubricas, indicações técnicas) e escreva outras deixas que você pode criar para o trabalho individual (se há movimentações de colegas, se há uma determinada palavra na música da trilha, disposição dos objetos em cena...).

Vale tudo, desde que seja para te auxiliar no trabalho de atuação!

Utilização em uma frase:

"Tu é muito fominha, engole todas as minhas deixas"

Fonte: Dicionário de Teatro, de Luiz Paulo Vasconcelos