Teatro Por Que Não?: A festa do Palco Fora do Eixo

quarta-feira, abril 14, 2010

A festa do Palco Fora do Eixo

Amigos e teatreiros,

acontece hoje o segundo DITIRAMBO, a festa do Palco Fora do Eixo.

Está nas raízes do teatro a peregrinação festiva, entusiástica e exuberante pelas ruas das cidades, onde sátiros e faunos (atores travestidos) cantavam, dançavam e recitavam em homenagem aos deuses - principalmente Dionísio. O nome desta festa popular era Ditirambo, assim como o nome que o Macondo Coletivo escolheu para a sua celebração.
Nesta quarta-feira, os atores participantes do Palco Fora do Eixo (Movimento para divulgação, circulação e potencialização do fazer teatral de cias independentes de Santa Maria) repetem essas festividades para comemorar a apresentação do espetáculo “Gabriela Cravo e Canela”, do grupo Teatro, Por Que Não? monólogo da atriz Juliet Castaldello, dia 23/04, na Gare da Estação, às 20h.
A Ditirambo acontece nesta quarta, dia 14/04, começando com um cortejo que sairá do Macondo Lugar, às 21h, e irá em direção ao Zeppelin, onde a festa continua. A entrada no Zeppelin é R$ 4. 


Aqui vão algumas fotos do Primeiro Ditirambo, que aconteceu no dia 23 de março de 2010, onde uma trupe de artistas tomava conta das ruas da cidade de Santa Maria!


Sobre o Palco Fora do Eixo:


O Palco Fora do Eixo é uma iniciativa que surgiu a partir da necessidade de agregação e potencialização dos grupos teatrais independentes. Prezando primordialmente pela valorização das manifestações cênicas, o Palco Fora do Eixo possui o intuito de fomentar e estimular a capacidade criativa dos profissionais, além de iniciar um processo de interação entre diferentes linguagens que compõem o novo modo de criação artística contemporânea.
O projeto, em âmbito nacional, insere-se nas novas iniciativas do Circuito Fora do Eixo. Coletivos como Macondo (RS), Enxame (SP) e Colméia Cultural (SP) elaboraram uma programação intensa de atividades teatrais para serem desenvolvidas durante o ano. O objetivo principal deste três coletivos é promover, difundir e divulgar as manifestações cênicas de grupos teatrais independentes locais – desenvolvendo uma rede de produção teatral nacional, transformado-as em bens sociais indispensáveis na formação integral do indivíduo, e valorizando essas manifestações como geradoras de cultura e conhecimento
(Mais informações sobre o Palco e fonte da informação: www.palcoforadoeixo.blogspot.com)

Sem mais para o momento, contamos e contagiamos com sua presença!

Afinal, Por Que Não Cortejar?

Nenhum comentário:

Postar um comentário