Teatro Por Que Não?: Depois de alguns dias

domingo, julho 25, 2010

Depois de alguns dias

Amigos e teatreiros,

depois de alguns dias sem comunicação neste blog, estou aqui, para dar as notícias - confesso, um pouco atrasadas, mas não posso deixar de comunicar:

Há uma semana atrás, acontecia a premiação do 23º Festival Internacional de Teatro Universitário de Blumenau, e fomos contemplados com os prêmios de Melhor Atriz para Aline Ribeiro e Melhor Direção para Felipe Martinez, além das indicações de Melhor Atriz para Juliet Castaldello e de Melhor Espetáculo. Ficamos muito felizes pelo reconhecimento com nosso trabalho. E muito felizes com o incrível festival que nos foi apresentado, queremos ir novamente nos próximos anos e em próximas oportunidades! 

O casal premiado no Fitub! - Fotos: Daniel Zimmermann

Para ficarmos mais a par das novidades:

________________________________________

Ascensão e Queda da Cidade de Mahagonny foi eleito o melhor espetáculo do 23º Fitub

Espetáculos Canoeiros da Alma e O Abajur Lilás também saíram vencedores na premiação do Festival Internacional de Teatro Universitário de Blumenau, sábado à noite


O 23º Festival Internacional de Teatro Universitário de Blumenau, realizado pela Furb, premiou os vencedores desta edição sábado à noite, no grande auditório do Teatro Carlos Gomes. A noite de premiação começou com a apresentação do Coro da Furb.
Os espetáculos Ascensão e Queda da Cidade de Mahagonny, da Cia de Teatro Acidental, da Unicamp/SP, e Canoeiros da Alma, do Coletivo Teatro da Margem, da Universidade Federal de Uberlândia/MG, foram os grandes vencedores. O grupo de São Paulo venceu as categorias Concepção Sonora, Conjunto de Atores e como Melhor Espetáculo. A peça de Minas Gerais ganhou nas categorias Iluminação, Ator e Prêmio Especial do Júri.
O espetáculo O Abajur Lilás, da Cia de Teatro Por Que Não? da Universidade Federal de Santa Maria/RS, também se destacou na premiação: levou para casa os prêmios de Melhor Atriz, dado a Aline Ribeiro, e Direção, concedido a Felipe Martinez. Confira abaixo todos os premiados do festival.
Os premiados:
Melhor espetáculo: Ascensão e Queda da Cidade de Mahagonny, da Cia de Teatro Acidental da Unicamp/SP
Direção: Felipe Martinez, por O Abajur Lilás, da Cia de Teatro Por Que Não?, da Universidade Federal de Santa Maria/RS
Atriz: Aline Ribeiro, Como Célia, em O Abajur Lilás, da Cia de Teatro Por Que Não? da Universidade Federal de Santa Maria/RS
Ator: Samuel Giacomelli, como homem que abandona a esposa, em Canoeiros da Alma, do Coletivo Teatro da Margem da Universidade Federal de Uberlândia/RS
Prêmio especial do júri: Coletivo Teatro da Margem, da Universidade Federal de Uberlândia, pela pesquisa com a cultura regional e com o espaço cênico.
Menção honrosa: Teatro de Operações da UNIRIO, pelo trabalho de criação Coletiva.
Espetáculo Destaque da Mostra Paschoal Carlos Magno Íbero-Americana: Tartarugas e Migração, do Grupo Novo Teatro da Universidade Nova de Lisboa, Portugal
Figurino: Amidete Aguiar, por A Noiva e o Condutor, do Instituto Federal de Ciências e Tecnologia do Ceará
Cenografia: Bosco Bedeschi e Camila Sá, por A Serpente, da Universidade Federal do Rio de Janeiro
Iluminação: Camila Tiago e Nádia Yoshi, por Canoeiros da Alma, do Coletivo Teatro da Margem da Universidade Federal de Uberlândia/MG
Concepção sonora: Marcelo Lazzaratto e Cia de Teatro Acidental, por Ascensão e Queda da Cidade de Mahagonny, da Cia de Teatro Acidental da Unicamp/SP
Conjunto de atores: Cia de Teatro Acidental, por Ascensão e Queda da Cidade de Mahagonny, da Unicamp/SP

JORNAL DE SANTA CATARINA

________________________________________

Voltamos de Blumenau, com as malas cheias de saudade. Fomos realmente presenteados com o FITUB, um festival que nos proporcionou muito crescimento, muita conversa, muita informação, muita formação e muita, muita, teatração. Aqui vai um vídeo de tuuuudo o que rolou neste festival maravilhoso. E que venha o 24º, por que não?

Videoclipe do 23º Festival Internacional de Teatro Universitário de Blumenau - Direção, Roteiro e Imagens: Nassau de Souza


Abraços a todos e muita merda!

Nenhum comentário:

Postar um comentário