Teatro Por Que Não?: O dia frio em que o galo bufou

quarta-feira, julho 06, 2011

O dia frio em que o galo bufou

O último sábado, do dia 02 de julho, estava gelado e, pra contrastar com ele, só uma festa quente. Bufando de quente, como foi a Galo Preto, Bufo no Cangote, promovida pelo Palco Fora do Eixo - Santa Maria, que tirou da toca quentinha os apreciadores de um bom som brasileiro. Mas se a toca estava quentinha, o Macondo Lugar estava fervendo. No começo nem tanto, porque os passos estavam curtos, o samba ainda pequenino na ponta dos pés, os casacos ainda no corpo. De repente, eis que surgem sete bufões, dançando como ninguém havia ainda ousado dançar naquela noite. E foi aí que a casa verde ferveu.


Primeiro, as reações de espanto geral, em que percebiam-se olhos que perguntavam quem eram e de onde vinham aquelas figuras sujas, deformadas e, principalmente, desapegadas de todo o possível pudor. Depois, um sorriso aqui, um sorriso lá, e quando vimos, todos caíram na gargalhada, no divertimento, e também no rebolado! Os bufões “chegaram chegando” - como é de costume dizer - e com eles, todo o público da festa requebrou o esqueleto ao som de Gretchen e de Valeska Popozuda.


Instantes depois, surge no palco o “coral” bufonesco, entoando suas paródias que fizeram o público quase que não acreditar no que estava vendo. Pra finalizar a intervenção que revolucionou a festa, o grupo fez sua versão da música folclórica de Tavinho Moura, que inicia com o convite: “vamo dançar tudo nu, tudo nu...”. Como a música termina? Deixamos na imaginação do leitor e do espectador. Ou melhor, na curiosidade, porque logo poderemos conferir como terminam os referidos versinhos, através da apresentação de Bufo do Cangote: não deixe o trem descarrilhar. A intervenção foi só uma prévia do espetáculo que acontece na semana que vem, como programação de julho do PFE - Santa Maria. E, sendo assim, o público por enquanto fica só no gostinho de todo o “bufo” que está por vir. E que, dependurado num cangote, virá...


Texto: Juliet Castaldello
Revisão: Kareka Ricordi
Fotos: Carolina Reichert

Nenhum comentário:

Postar um comentário