quarta-feira, setembro 14, 2011

Pausa para Arrabal

Os cinco personagens da trama Fando e Lis, do autor Fernando Arrabal, invadiram o Boteco do Rosário na última segunda-feira, dia 12 de setembro, e envolveram o público que acompanhou sua jornada infindável em busca do encontro com Tar. Anderson Martins (Fando), Raiana Paludo (Lis), Márcio Carvalho (Namur), Fabrício Leão (Mitaro) e Geison Sommer (Toso) dispuseram-se no palco e em uma mesa do bar, proporcionando um espaço de interação entre os núcleos de personagens presentes no texto.

Foto: Diogo Reck Figueiredo
A 7ª edição do (pausa dramática) contou com esse grupo de atores, que já havia realizado uma montagem do texto de Arrabal, sob a direção de Eduardo Colombo, e que, decididos a vivenciarem uma nova experiência, realizaram a leitura de Fando e Lis. Segundo o próprio grupo, a ideia era que a leitura não permanecesse com a concepção do espetáculo, mas que resgatasse alguns elementos que foram presentes durante o processo criativo.

Foto: Diogo Reck Figueiredo
Dessa maneira, para a leitura, o grupo investiu numa estética que mesclava elementos das situações de casamento e velório, explorando tais situações nos figurinos e nas maquiagens dos atores, o que ajudava a ambientar o clima de absurdo proposto pelo autor. Alguns elementos sugeridos pelo texto também foram utilizados como a corrente, que prende Lis ao carrinho; as algemas, objeto de tortura utilizado por Fando; e o guarda-chuva, que abrigava Namur, Mitaro e Toso.

Foto: Diogo Reck Figueiredo
O resultado de tudo isso foi um público entregue aos atores, que não desgrudava os olhos e ouvidos durante o desenrolar da leitura. A 7ª edição do (pausa dramática) mais uma vez foi uma satisfação e nós somos gratos a todos que colaboram e vem colaborando para que isso possa acontecer. E o maior colaborador, é claro, é a presença enérgica e vibrante do público.

Foto: Diogo Reck Figueiredo
A todos, um muito obrigada.
E abraços dos teatreiros aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário