Teatro Por Que Não?: Medea Mulher Material

domingo, outubro 23, 2011

Medea Mulher Material

Amigos! Boa noite a todos!

Com o fim do ano se aproximando, aproximam-se também as estreias dos integrantes do Teatro Por Que Não?, que apresentam seus espetáculos referentes às pesquisas desenvolvidas no curso de Artes Cênicas da Universidade Federal de Santa Maria. Ao todo, seis espetáculos - envolvendo os oito teatreiros que aqui vos falam - estrearão durante os meses de outubro, novembro e dezembro de 2011, no Teatro Caixa Preta, da UFSM (confira as datas, locais e horários aqui!). E, para começarmos...


Convidamos a todos para assistirem ao espetáculo Medea Mulher Material, com direção e atuação de Aline Ribeiro. O espetáculo acontece amanhã em duas sessões, nos horários das 18h30min e 20h30min, respectivamente, e a entrada é franca! Não vai perder!

Sinopse: Em uma margem abandonada, entre corpos, rostos e túmulos, Heiner Müller remonta Medéia de Eurípedes, em fragmentos, retratando a sociedade contemporânea, no irmão despedaçado nos braços.

Ficha técnica
Texto: Livre adaptação de Margem abandonada Medeamaterial Paisagem com argonautas, de Heiner Müller
Direção e atuação: Aline Ribeiro
Orientação: Daniel Plá
Iluminação: Felipe Martinez
Projeção: Rafaela Costa
Figurino: D. Feliciana
Cenário e objetos cênicos: Aline Ribeiro
Maquiagem: Anderson Martins
Promoção: Curso de Artes Cênicas - UFSM
Realização: Teatro Por Que Não?
Financiamento: FIEX - Fundo de Incentivo à Extensão da UFSM

Abraços à todos e aguardamos ansiosamente pela sua presença!

3 comentários:

  1. Sucesso Aline, quero muito ver, merda na estréia e desde já vida longa ao espetáculo. Beijos a todos!

    ResponderExcluir
  2. Acabei de vir do espetáculo...muito bom!!!! parabéns Aline. Abração!Miri

    ResponderExcluir
  3. Ly, Parabéns...Um texto forte...a personagem ...mulher de personalidade forte, sendo o bem e o mal, representados por uma ariz que silenciou e emocionou um o público(pela atuação) durante 30 minutos
    bjs T'Amo!

    ResponderExcluir