Teatro Por Que Não?: Abajur caseiro

quarta-feira, fevereiro 22, 2012

Abajur caseiro

Em julho de 2011, o Teatro Por Que Não? foi selecionado para participar do III Festival Nacional de Teatro de Goiânia, com o espetáculo Fim de Partida. "E aí gente, vamos?" "Mas como?" Os recursos financeiros não eram suficientes e, então, surge uma ideia... Uma rifa! "Ah, mas o que vamos rifar, rifa é chato, ninguém compra..." "Ah, mas e se a gente rifasse um espetáculo?" E daí surge a aventura!

Apresentação do espetáculo. Foto: Diogo Figueiredo.
Depois de alguns (muitos) percalços, no dia 28 de janeiro de 2012, a apresentação rifada foi realizada, na casa de Diogo Reck Figueiredo, ganhar da promoção Por Que Não? em sua casa. Diogo, com sua família e seus amigos, puderam assistir O Abajur Lilás na garagem de casa, em uma sessão fechada. Durante a tarde, toda a equipe do espetáculo foi até a casa de Diogo, onde, durante a noite, materializou-se o prostíbulo de Giro, ocupado por Célia, Dilma e Leninha e por vezes visitado por Osvaldo.

Montagem e preparação do espaço. Foto: Divulgação Teatro Por Que Não?.

Aquecimento e preparação dos atores. Foto: Diogo Figueiredo.

O espetáculo já tinha sido apresentado em bares, em salas fechadas, mas nunca em uma casa e, para nós, a experiência foi realmente muito interessante. As coxias substituídas por paredes, os refletores substituídos por lâmpada comum, as portas estavam em cena... Tudo propiciando um clima muito favorável ao espetáculo, que é de caráter realista.

Apresentação do espetáculo. Foto: Diogo Figueiredo.
O mesmo espaço sendo dividido com o público, sem separação palco/plateia, também colaborou para o andamento do espetáculo, propondo outra relação com o público e também suscitando diferenciadas sensações em nós, atores. Vale ressaltar também a adaptação do espetáculo a diferentes espaços, necessidade pela qual passamos sempre, e que dessa vez não foi diferente, acrescentando muito a nossa trajetória.
Apresentação do espetáculo. Foto: Dartanhan Figueiredo.

Não podemos deixar de falar sobre a hospitalidade dos anfitriões, que nos receberam muito bem em sua casa, nos ajudando inclusive a solucionar questões técnicas e nos presenteando com sua receptividade sem fim! Além disso, depois da apresentação, tivemos o prazer de compartilhar experiências com o público presente, sobre o espetáculo e também sobre nossas vivências na profissão. Isso resultou em um bate-papo caseiro, com um clima muito agradável, possibilitando a necessária arte do encontro.

Diogo Figueiredo (anfitrião) e César Giracca (convidado) falando sobre a apresentação. Imagens: Divulgação Teatro Por Que Não?.

Para nós, do Teatro Por Que Não?, essa experiência foi certamente um diferencial! Muito obrigada aos responsáveis: Diogo, Dartanhan e todos os convidados. Dos interrogativos para vocês: Um grande abraço! Por hoje, isso! Continuem acompanhando... Boa semana a todos!

2 comentários:

  1. Bela idéia...só não gostei de não ter ficado sabendo, essa de teatro em casa (praticamente a la carte) e uma história que eu gostaria de ter fotografado!
    Abs
    Rafael Happke

    ResponderExcluir
  2. Parabéns, mais uma vez, tdo que TPQN promove é sucesso, parabéns. Só não gostei por não ter sido eu a sortuda. Mas quem sabe terei um dia uma peça a la carte, como Rafael mencionou. Parabéns ao Diogo, familia e amigos,por esse presente.
    Bjs Amo tdos vcs

    ResponderExcluir