Teatro Por Que Não?

sábado, março 31, 2012



Foto: Leonardo Bergonci

SINOPSE 

Livremente inspirado na obra de Jorge Amado, o espetáculo mostra a transformação das criaturas sob a influência do amor, num desenrolar de declarações que permeiam as quatro estações. Gato e andorinha, espécies que originalmente vivem em descompasso, apaixonam-se e degustam de uma melodia que aos poucos é interferida pelos ruídos do restante da população que vive no parque.

Foto: Eduardo Ramos

SOBRE A MONTAGEM

Com cor, brilho, música e poesia, quatro atores contam e cantam a história do parque onde acontece a trama, através do texto e de uma trilha sonora criada especialmente para a peça, e executada ao vivo pelos atores. Com violão, banjo e instrumentos percussivos, unidos as vozes das distintas personagens, as letras e melodias invadem o espaço cênico, propondo ao público que cante junto e vivencie também momentos de descontração. 
Há também, na cenografia e no figurino, o uso de sucata como matéria-prima, fazendo com que a reciclagem se torne o mote da criação estética desses elementos. Embalagens plásticas, papelão usado, frascos descartáveis, dentre outros materiais, constituem todo o cenário da peça, pensando na poética que o lixo propõe quando é reutilizado para diversos fins e, dentre eles, está o fazer teatral.

Foto: Leonardo Bergonci

FICHA TÉCNICA

Direção: Juliet Castaldello
Elenco: Adriano Taques, André Galarça, Juliet Castaldello e Luiza de Rossi
Iluminação: Felipe Martinez
Cenografia: Evelíny Pedroso
Figurino: Micheli Daronch
Trilha Sonora: Adriano Taques e Evelíny Pedroso
Maquiagem: Aline Ribeiro
Duração: 45min
Realização: Teatro Por Que Não?
Classificação: Livre

Foto: Eduardo Ramos

PREMIAÇÕES DO ESPETÁCULO

No 13º Festival Internacional Rosário em Cena:
- Melhor figurino (Micheli Daronch)
- Melhor cenografia (Evelíny Pedroso)
- Melhor trilha sonora (Adriano Taques e Evelíny Pedroso)
- Melhor ator (Giuliano Bohn)
- Melhor atriz (Luiza de Rossi)
- Melhor direção (Juliet Castaldello)
- Melhor espetáculo

Indicações para: melhor caracterização (Aline Ribeiro), melhor iluminação (Juliet Castaldello), melhor ator coadjuvante (Adriano Taques) e melhor atriz coadjuvante (Evelíny Pedroso)


Foto: Leonardo Bergonci

Quer conhecer mais espetáculos do Teatro Por Que Não?

Um comentário: