domingo, abril 15, 2012

Mais gato, mais andorinha

Para o ano do centenário de Jorge Amado, grande escritor da literatura brasileira, o Teatro Por Que Não? preparou a montagem do espetáculo O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá, livremente inspirado do conto homônimo do autor.

Foto: Leonardo Bergonci
Com cor, brilho, música e poesia, quatro atores contam e cantam a história do parque onde acontece a trama, através do texto e de uma trilha sonora criada especialmente para a peça, e executada ao vivo pelos atores. Com violão, banjo e instrumentos percussivos, unidos as vozes das distintas personagens, as letras e melodias invadem o espaço cênico, propondo ao público que cante junto e vivencie também momentos de descontração.

Há também, na cenografia e no figurino, o uso de sucata como matéria-prima, fazendo com que a reciclagem se torne o mote da criação estética desses elementos. Embalagens plásticas, papelão usado, frascos descartáveis, dentre outros materiais, constituem todo o cenário da peça, pensando na poética que o lixo propõe quando é reutilizado para diversos fins e, dentre eles, está o fazer teatral. 


É nessa quarta-feira (dia 18 de abril), no Theatro Treze de Maio! Esperamos você lá com seus filhos, sobrinhos, netos, amigos, conhecidos... Um abraço a todos e até lá!  =D 

O QUE?: O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá no Treze: O Palco da Cultura
QUANDO?: 18 de abril, às 20:30h
AONDE?: Theatro Treze de Maio - Praça Saldanha Marinho
QUANTO?: R$ 14 e R$ 7 (meia), e R$ 10 (sócios)

Nenhum comentário:

Postar um comentário