terça-feira, junho 12, 2012

Um pouco sobre o que passou

O (pausa dramática) teve início do mês de junho de 2011, através de uma parceria entre o Teatro Por Que Não? e o Boteco do Rosário. O projeto já vinha sendo assunto das mesas de bar há tempos, até que então, sai da conversa e torna-se evento. Aos poucos, criou-se um público assíduo, que ia assistir a alguma leitura e então retornava a muitos outras, como pudemos perceber durante o desenrolar das duas primeiras temporadas.

(pausa dramática) - O Cabaré das Donzelas Inocentes - Foto: Divulgação TPQÑ?

Além disso, no início eram feitos convites aos grupos, que aos poucos foram se aprochegando e realizando suas participações. Com o passar das edições, os grupos, os artistas independentes e pessoas que não são da área teatral, porém possuem seu interesse e apreço, começaram  a propor leituras, de diversos textos. Assim aconteceu na leitura de O Cabaré das Donzelas Inocentes, edição que finalizou o a temporada de número dois do evento.

(pausa dramática) - O Cabaré das Donzelas Inocentes - Foto: Divulgação TPQÑ?

Víamos os dois aspectos: tanto o público em formação que aparece quinzenalmente pra ver "o que é que vai rolar hoje", quanto artistas que se identificam com um texto ou proposta e decidem ler algo juntos. Elis Genro, Douglas Jung, Leonardo Bergonci e Tainá Haas, atores que tinham afinidade entre si e com o texto,  concretizam sua vontade de nos mostrar o cabaré daquelas donzelas, assumindo a os papéis das quatro prostitutas que aguardavam pelos clientes que não chegariam.

(pausa dramática) - O Cabaré das Donzelas Inocentes - Foto: Divulgação TPQÑ?

Lá, elas retomam seus passados, desvendando os segredos que um dia esconderam em seu foro íntimo. Revelam fatos de seus amores, de suas vontades, de seus quereres, de suas dúvidas. Sergio Maggio, autor brasileiro, trouxe ao público um pouco do que foram os anos dourados daquelas mulheres, através de seus próprios relatos, feitos em tempos de agora, onde o seu "negócio" já não anda tão bem assim.

(pausa dramática) - O Cabaré das Donzelas Inocentes - Foto: Divulgação TPQÑ?

Porém, ao retornarem aos seus tempos, surgem alguns conflitos inicialmente consigo próprias, e depois entre elas mesmas, companheiras, por entenderem fatos que até então não entendiam, e por saberem de informações que até então não sabiam. Iniciando de uma forma bem descontraída, a leitura divertiu o público no começo, deixando o espectador leve, para só depois nos convidar para um mergulho até o  passado daquelas donzelas. Donzelas que em seus íntimos eram inocentes, mesmo que de inocentes nada tivessem.

(pausa dramática) - O Cabaré das Donzelas Inocentes - Foto: Divulgação TPQÑ?

Assim findou a segunda temporada do (pausa dramática), que contou com nove leituras de dezembro de 2011 a abril de 2012, envolvendo mais de cinquenta artistas santa-marienses que dispuseram-se ao exercício da leitura dramática, fazendo sua bela contribuição com o evento. Agora, iniciamos a terceira temporada, com votos de que desenrole-se tão produtiva quanto as duas já realizadas. Retornamos na próxima segunda, no Boteco do Rosário, às 21h. Para quem estava com saudades, e para quem ainda nem foi e quer descobrir como é.

Nenhum comentário:

Postar um comentário