Teatro Por Que Não?: O Adeus Mais Bonito do Mundo

terça-feira, novembro 06, 2012

O Adeus Mais Bonito do Mundo

Na última sexta-feira de Finados, dia 2 de novembro, nosso querido Afogado Estevão partiu rumo aos sete mares... Levou consigo a sua poesia e a sua dignidade. Deixou conosco a nossa saudade e a nossa admiração.

André Galarça em O Afogado Mais Bonito do Mundo.
Foto: Divulgação TPQÑ?

André Galarça, o ator que criou e realizou o espetáculo O Afogado Mais Bonito do Mundo, decidiu por dar adeus à sua peça solo. Ele continuará apresentando-se em Travessias (o qual ele também assina a direção), Fim de Partida, O Santo Parto e, em breve, integrará o elenco de O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá. Mas o Afogado Estevão já não embelezará mais os nossos dias...

André Galarça como Estevão em O Afogado Mais Bonito do Mundo.
Foto: Divulgação TPQÑ?

Motivo? Novos projetos, novos caminhos, novas perspectivas... Os impulsos criativos de um artista se transformam a cada instante. A partir do amadurecimento, da prática diária, de um contato direto com a realidade, escolhas importantes se fazem necessárias.

André Galarça em última sessão de O Afogado Mais Bonito do Mundo.
Foto: Divulgação TPQÑ?
Assim, registramos nosso adeus e agradecimento ao belo Afogado, que deixou sua marca neste povoado. Depois de sua passagem, costumamos ouvir, em ca­torze línguas diferentes: 

"Olhem lá, onde o vento é agora tão manso que dorme debaixo das camas, lá, onde o sol brilha tanto que os girassóis não sabem para onde girar, sim, lá é o povoado de Estevão".

Público assistindo ao O Afogado Mais Bonito do Mundo.
Espaço Cultural Victorio Faccin.
Foto: Divulgação TPQÑ?

E para chorar pela ilustre partida de Estevão, o Espaço Cultural Victório Faccin "contratou" duas Carpideiras Nordestinas, as quais velaram o corpo, regando-o com lágrimas, cantorias e lamúrias, em meio ao público que se fez presente nessa noite de Finados. Ao final, todos foram convidados à procissão de despedida e também, ao enterro coletivo e desapego das mágoas... para que depois, todos pudessem seguir seus caminhos em paz.


Público presente no enterro das mágoas após a despedida de
O Afogado Mais Bonito do Mundo no Espaço Cultural Victorio Faccin.
Foto: Divulgação TPQÑ?


Um comentário: