quarta-feira, maio 15, 2013

MOSAICO 2013 - Pavão Misterioso

Para suspiros apaixonantes e alegrias no seu sábado...


Pavão Misterioso também se aprochega e compõe a programação do MOSAICO 2013, e é uma ótima opção para você e sua família nesse sábado. Trazendo consigo romance e comédia, a peça proporciona ao público música ao vivo, teatro de bonecos e figuras encantadoras. Venha conferir, não tem restrições, pode trazer os amigos, os filhos, os pais, avós, e por aí vai! É nesse sábado, às 20:30, no Espaço Cultural Victorio Faccin! 

Pavão Misterioso no Cabaré Fetism - Foto: Divulgação Fetism

Sinopse
Pavão Misterioso foi traduzido para a cena com teatro, bonecos e música a partir de um dos mais famosos folhetos de cordel nordestinos. Trata da saga de Evangelista em busca do amor impossível de uma condessa proibida, que nunca sai de casa por proibição paterna, até que ele encontra a solução através de um aeroplano na forma de um Pavão.

Sinopse expandida
Eu vou contar uma história
De um Pavão Misterioso
Que levantou vôo da Grécia
Com um rapaz corajoso
Raptando uma condessa
Filha de um conde orgulhoso

Residia na Turquia
Um viúvo capitalista
Pai de dois filhos solteiros
O mais velho João Batista
Então, o filho mais novo
Se chamava Evangelista.

Um dia João Batista
Pensou pela vaidade
E disse a Evangelista:
Meu mano tenho vontade
de conhecer o estrangeiro
Se não te deixar saudade (...)

Da viagem, João Batista volta com uma foto de Creuza, a condessa proibida, que sendo linda, encanta Evangelista. Este vai atrás dela utilizando-se os artifícios criados por um cientista: o Doutor Edmundo, entre os quais está o fantástico Pavão Misterioso que o conduzirá ao encontro de sua amada.

Pavão Misterioso - Foto: Divulgação DACARATAPA

Ficha Técnica
Texto: O Romance do Pavão Misterioso é tido como o folheto da literatura de cordel mais conhecido e popular da tradição nordestina. Tem sua autoria disputada por dois cordelistas famosos: José Camelo e João Melquíades e é reconhecido atualmente como de Domínio Público - Direção: Zé Renato Mangaio - Atuação: Adriano Taques, Daniela Varotto, Laédio José Martins, Raquel Guerra, Zé Renato Mangaio - Iluminação: Bando Marques e Rafael Jacinto - Cenografia: Zé Renato Mangaio, Ateliê do Comediante, Walter Mendes, André Vizotto - Figurino: Zé Renato Mangaio - Trilha sonora original: coordenação de Zé Renato Mangaio, Vanessa Ghidotti, Fabiana Poppius e Ana Raquel Motta - Direção Musical: Zé Renato Mangaio e Adriano Taques - Maquiagem: Zé Renato Mangaio - Realização: Viracena, Ateliê do Comediante, Cia Teatro de Bolso e DACARATAPA - Produção: DACARATAPA Grupo de Teatro - Duração: 50 minutos - Classificação: Livre.

Sobre os grupos
Viracena, Ateliê do Comediante, Cia Teatro de Bolso e DACARATAPA se uniram em 2012 no Rio Grande do Sul, na cidade de Santa Maria, para re-criar o universo cênico do espetáculo Pavão Misterioso. O grupo é composto por artistas provenientes da Universidade Estadual de Campinas-UNICAMP e Universidade Federal de Santa Maria-UFSM.
Pavão Misterioso acompanha a trajetória do grupo Viracena há 16 anos e, em decorrência da mudança para Santa Maria resolveu unir-se aos grupos que possuem uma trajetória nas linguagens para produzir essa remontagem e muitos encontros apoiados pela Universidade Federal de Santa Maria em que o Professor José Renato Noronha, ator e diretor do espetáculo, desenvolveu em 2012 o projeto de pesquisa e extensão a respeito deste trabalho. 

Pavão Misterioso - Foto: Divulgação DACARATAPA

O QUE?: Pavão Misterioso - Viracena, Ateliê do Comediante, Cia Teatro de Bolso e DACARATAPA (SM)
QUANDO?: Sábado, 18 de maio
ONDE?: Espaço Cultural Victorio Faccin (Rua Duque de Caxias, 380)
QUE HORA?: 20:30
QUANTO?: R$14,00 (inteira) - R$7,00 (meia - estudantes e idosos) - R$10,00 (artistas)

O MOSAICO 2013 ainda tem muita coisa boa! Acesse a programação completa e não fique parado em maio!

Um comentário:

  1. "Tem sua autoria disputada por dois cordelistas famosos: José Camelo e João Melquíades e é reconhecido atualmente como de Domínio Público" O pavão misterioso só passará ao Domínio Público em 29/10/2014, um dia após 50 anos da morte de José Camelo de Melo Resende, morto em 28/10/1964, em Rio Tinto (PB).

    ResponderExcluir